top of page

A revolução das Inteligências Artificiais

Nos últimos meses, estamos acompanhando o surgimento de inteligências artificiais que prometem modificar a maneira como interagimos com os computadores e também a vida cotidiana das pessoas. Nesse contexto, nós da R2 Softwares decidimos escrever um artigo para mostrar a capacidade dessas ferramentas de modificar a sociedade, tanto como auxílio quanto como empecilho.

Para começar, você pode estar se perguntando: mas o que são inteligências artificiais? Basicamente, são programas de computador que conseguem simular a inteligência humana. Para que isso ocorra, esses softwares precisam de uma enorme quantidade de dados para serem treinadas como realizar uma determinada tarefa.

Pode parecer uma novidade muito recente, mas as inteligências artificiais já estão presentes na nossa vida há algum tempo sem que percebamos:

  • as operadoras de cartão de crédito e empresas financeiras em geral as utilizam para detectar possíveis fraudes. Podem, por exemplo, bloquear um cartão de crédito se detectarem uma compra que não condiz com o histórico daquele cliente;

  • empresas de aviação ou de reservas de hotel utilizam para controlar a flutuação de preços;

  • em algumas cidades são até utilizadas para controlar os semáforos;

Mas por que elas estão sendo tão tratadas recentemente? Porque começaram a surgir inteligências artificiais voltadas para o grande público para atividades como geração de imagens, tradução de textos, criação de conteúdo escrito e etc.

Para exemplificar, vamos focar em duas inteligências artificias que estão fazendo muito sucesso e qualquer um pode ter acesso gratuitamente: ChatGPT e Dall-E.


Chat-GPT

O Chat-GPT é uma inteligência artificial focada em simular a escrita humana. Para entender melhor, pedi à própria Chat-GPT para falar mais sobre ela. Vamos ver o que ela respondeu.

O Chat-GPT é um programa que usa inteligência artificial para conversar com as pessoas de forma parecida com uma conversa entre humanos. Ele foi criado pela empresa OpenAI, que é especializada em pesquisas com inteligência artificial. A ideia da empresa é desenvolver tecnologias que sejam seguras e úteis para a sociedade, e que sigam valores éticos importantes. O Chat-GPT pode ser usado em diferentes situações, como para tirar dúvidas, ajudar em compras ou até mesmo para conversar de maneira descontraída.

E se a gente pedir para ele contar uma piada?

Claro, lá vai: Por que o livro de matemática ficou tão triste? Porque tinha muitos problemas!

Podemos também perguntar para ele sobre, por exemplo, a história da cidade de São Fidélis:


São Fidélis é uma cidade do estado do Rio de Janeiro, Brasil, com uma rica história que remonta ao século XVIII. Foi fundada como "Arraial de São Fidélis" em homenagem ao santo católico que teve grande influência na região. Durante a época colonial, a cidade era um importante centro produtor de cana-de-açúcar, e sua economia era baseada no trabalho escravo. No início do século XX, São Fidélis passou por um período de grande desenvolvimento, com a construção de estradas de ferro e a implantação de indústrias. A cidade também se destacou na produção de café e leite, que eram exportados para outras regiões do Brasil. No entanto, durante a década de 1950, São Fidélis enfrentou uma crise econômica devido à queda nos preços do café e à concorrência de outras regiões produtoras. A cidade, então, voltou-se para a produção de hortifrutigranjeiros, que se tornou a principal atividade econômica da região. Atualmente, São Fidélis é uma cidade de cerca de 40 mil habitantes, com uma economia diversificada que inclui indústrias de transformação, comércio e serviços. A cidade também é conhecida por suas festas populares, como a Festa de São Fidélis e o Festival de Verão, que atraem turistas de diversas partes do Brasil. A preservação de sua história e cultura é uma preocupação constante dos moradores, e diversos patrimônios históricos e culturais são mantidos pela cidade.

Como pode ser visto nesse texto acima, a capacidade de escrever como um humano é espantosa, mas isso não significa que ela não erre. Por exemplo, São Fidélis não tem nenhuma festa denominada Festival de Verão.

De qualquer forma, pode ser uma ferramenta muito interessante para auxiliar na escrita de textos ou até como fonte de ideias.


Para finalizar a demonstração do ChatGPT, eu pedi para ele criar um pequeno conto de um cachorro passeando e se divertindo na praça com sua família em São Fidélis. Mas essa história fica para o final desse artigo.


Dall-E

Já demonstramos uma inteligência artificial que pode ser usada para criar textos. Mas existem algumas que servem também para criar imagens diversas. Nesse artigo vamos usar o Dall-E da Microsoft para demonstrar a capacidade dessas ferramentas.

Para começar, vou pedir para ele criar uma foto de uma cidade pequena com uma praça central de frente para uma igreja grande e antiga e um coreto.


Mas a gente pode pedir para dar um estilo de algum artista conhecido, que tal tentarmos como se fosse uma pintura de Portinari?


Vamos tentar agora criar uma pintura de uma figura conhecida feita por um artista de eras diferentes. Como seria se Da Vinci fizesse um retrato de Dom Pedro I?


Que tal se Tarsila do Amaral fizesse um quadro de Copacabana:

Também dá para mandar fazer desenhos mais infantis. Que tal essa capivara brincando perto de uma cachoeira?

Acho que já deu para entender a proposta e a versatilidade da ferramenta. Para finalizar que tal pegar aquele conto sobre o cachorrinho que pedi ao ChatGPT com desenhos feitos pelo DallE?


Um salsichinha que ama pipoca

Havia um cachorrinho da raça salsichinha chamado Duque, que estava animado para ir dar um passeio com sua família na pracinha de São Fidélis. Ele sempre amava passear com sua família, e dessa vez, ele tinha um motivo especial para ficar animado.



Assim que chegaram à pracinha, a família decidiu comprar pipoca com queijinho para compartilhar. Duque ficou curioso com o cheiro gostoso e começou a se aproximar dos sacos de pipoca. Seus olhos brilhavam enquanto ele observava seus donos abrirem o saco.



Assim que a pipoca foi derramada em um prato, Duque não resistiu e começou a devorá-la com vontade. Ele adorou o sabor salgado e queijudo, e não conseguia parar de comer. Cada vez que alguém pegava uma pipoca, Duque pulava animado esperando receber uma também.



A família de Duque riu muito com seu comportamento engraçado enquanto ele se deliciava com as pipocas. A pracinha estava cheia de crianças brincando e pessoas conversando, mas Duque só tinha olhos para a pipoca. Ele se divertiu muito comendo e brincando com seus donos naquele dia.

Ao final do passeio, Duque estava cansado e satisfeito, mas seu amor pelas pipocas com queijinho nunca iria acabar. E, com certeza, toda vez que ele voltasse à pracinha de São Fidélis, ele iria lembrar daquele dia especial em que comeu pipoca pela primeira vez.


Essa coluna foi escrita por Rafael Leite de Freitas e Raphael da Silva Maia. Juntos, somos responsáveis pela R2 Softwares, onde desenvolvemos sistemas e sites que atendem às necessidades da sua empresa. Para saber mais, visitem nosso site: https://www.r2softwares.com.br/


Link para as ferramentas:

1 visualização0 comentário

コメント


bottom of page